sexta-feira, 22 de Julho de 2011

Fábula do Beija flor...

Fábula do Beija flor...uma metáfora de solidariedade"

Diz a lenda que havia uma imensa floresta onde viviam milhares de animais, aves e insetos etc. Certo dia uma enorme coluna de fumo foi avistada ao longe e em pouco tempo, embaladas pelo vento, as chamas já eram visíveis por uma das copas das árvores. Os animais assustados diante da terrível ameaça de morrerem queimados, fugiam o mais rápido que podiam, exceto um pequeno beija-flor. Este passava zunindo como uma flecha indo veloz em direção ao foco do incêndio e dava um vôo quase rasante por uma das labaredas, em seguida voltava ligeiro em direção a um pequeno lago que ficava no centro da floresta. Incansável em sua tarefa e bastante ligeiro, ele chamou a atenção de um elefante, que com suas orelhas imensas ouviu suas idas e vindas pelo caminho, e curioso para saber porquê o pequenino não procurava também afastar-se do perigo como todos os outros animais, pediu-lhe gentilmente que o escutasse, ao que ele prontamente atendeu, pairando no ar a pequena distância do gigantesco curioso.
– Meu amiguinho, notei que tem voado várias vezes ao local do incêndio, não percebe o perigo que está correndo? Se retardar a sua fuga talvez não haja mais tempo de salvar a si próprio! O que você está fazendo de tão importante?
– Tem razão senhor elefante, há mesmo um grande perigo em meio aquelas chamas, mas acredito que se eu conseguir levar um pouco de água em cada vôo que fizer do lago até lá, estarei fazendo a minha parte para evitar que nossa mãe floresta seja destruída.
Em menos de um segundo o enorme animal marchou rapidamente atrás do beija-flor e, com sua vigorosa capacidade, acrescentou centenas de litros d’água às pequenas gotinhas que ele lançava sobre as chamas.
Notando o esforço dos dois, em meio ao vapor que subia vitorioso dentre alguns troncos carbonizados, outros animais lançaram-se ao lago formando um imenso exército de combate ao fogo.
Quando a noite chegou, os animais da floresta exaustos pela dura batalha e um pouco chamuscados pelas brasas e chamas que lhes fustigaram, sentaram-se sobre a relva que duramente protegeram e contemplaram um luar como nunca antes haviam notado.


....
Faça uma doação!

Doe livros, roupas, calcados, brinquedos, produtos de higiene, produtos de primeiros socorros, etc.


Inicio essa caminhada como o beija flor, sozinha, e convido a quem estiver interessado a participar. Esta ideia me surgiu com minhas idas e vindas a igrejas e centros comunitarios, sempre na tentativa de doar os brinquedos, mantas e roupas que para minha familia ja nao eram necessarias, sempre a lembrar que o que nao serve, nao eh o que esta estragado, e sim por que foi substituido no caso das mantas, ou os brinquedos que meus filhos ja nao brincam, sempre todos em bom estado de conservacao e que assim possa ser reaproveitado. Certo dia estava eu com 3 caixas cheias destes produtos e com muito entusiasmo para doa-los, na certeza de que faria alguem feliz ou ao menos mais quentinho no inverno, bem que chego a um dos lugares onde deveriam receber doacoes e a resposta chocou/me de todo... ah nao sei se temos espaco para mais coisas destas, ja temos ali caixas e caixas e ninguem as vem buscar. Ao sair de la contactei uma amiga que trabalha com criancas carenciadas e ela aceitou na hora, sei que naquele dia fiz a alegria de algumas criancas.
Confesso que fiquei arrasada, sabendo que existem tantas pessoas a precisar, nao percebi porque haviam ali tantas coisas a espera de que fossem buscar, dei meia volta e levei as caixas de volta para casa. Nao parei de pensar nisto durante muito tempo. Ate hoje, fez-se um click.
Algumas das pessoas que passam por situacoes dificeis precisam de uma mao para levantarem-se, encontram-se por vezes em situacoes que muitos de nos desconhecemos, por nao ter nada, nem tem vontade de levantar da cama, seria mal irmos nos entregar o que se precisa nem que fosse nas primeiras vezes? Penso que assim as pessoas necessitadas teriam conviccao de que realmente estao sendo ajudadas e assim poderiam ir buscar algo mais que precisassem e quando precisassem.
Eh isso que pretendo, ir ate os mais necessitados e dar a conhecer o que temos e como podemos ajudar e ofereco-me no caso de dificil deslocacao para estes, irei ate la entregar os bens que lhes esta em falta e que teremos em stock.


O objetivo deste serviço comunitário é divulgar as necessidades materiais da nossa comunidade com menos recursos para assim ajuda-los com a doação de bens e outros produtos que muitas vezes para nos ja nao tem serventia, mas que para muitos sao bens de primeira necessidade e de dificil acesso.
No caso de quem vai fazer as doacoes nao possa por um motivo qualquer vir entrega-los fiquem a vontade, com um simples email, sms ou a distancia de um telefonema, irei buscar onde for indicado e farei chegar a quem precisa.


Atencao
Doacoes sem fins lucrativos, so aceitamos doacao de bens materiais!



Meus contactos
Gleice Lopes
Telemovel- 96 473 3108


Blog
solidariedadebeijaflor.blogspot.com
Aqui divulgarei todas as entregas das doacoes para que acompanhem este trabalho e partilhem a alegria de quem os recebe.